15 novembro, 2009

A Estréia

Qualquer coisa

Ultimamente a vida tem dado na minha cara.
Caras de pau, olham para minha cara lavada
querendo cravar suas cretinices em meus cravos.


Caras canalhas
Cultivam crises crescente diante
de suas caras metades.
Carência,esquisofrenia ou discalculia?
Minha cara cretina não basta para calar?


Caralho! Para quê?

Postado por: qual a duvida?
Hora: qualquer uma
Data real: hum... Caramba!!!!

2 comentários:

Victor disse...

Opa, até que enfim podemos contar com a sua graça.

Espero que seja a primeira poesia de muitas!

Ser em construção disse...

Obrigada Victor,
Espero estar sempre por aqui, e
mais uma vez ...
obrigada pela confiança.
beijo